Pastor condenado a 52 anos de prisão por estuprar filhas e enteadas é preso

O pastor estava foragido por dois anos, dede 2018, quando foi condenado a pagar cinquenta e dois anos de prisão pelos delitos cometidos contra as suas filhas e enteadas.

O crime aconteceu na cidade de Catanduva, no estado de São Paulo, cerca de 200 quilometro de distância de onde o pastor foi preso, em Araçatuba, cidade próxima.

A detenção ocorreu na noite do dia 18 de fevereiro de 2020. Segundo a polícia, o homem se chama Mizael Lourenço e possui 55 anos. E que ele foi condenado a 52 anos de prisão por estupro e atentado violento contra duas filhas e duas enteada, no mês de agosto do ano retrasado, 2018.

As investigações realizadas concluíram que os abusos vinham ocorrendo de longa data, desde 2003. Dá sua condenação em diante, ele passou todo esse tempo foragido da justiça brasileira.

Sobe o depoimento da polícia, o pastor só foi encontrado graças a uma denuncia anônima. A polícia foi até o local e prenderam ele em casa. Levado para a carceragem, estava a espera de ser transferido para um presídio.

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *