Novos Baianos – Acabou Chorare [1972]

“Acabou Chorare” é um álbum musical dos Novos Baianos, lançado em 1972.

Quase 50 anos após seu lançamento, o álbum permanece como um dos mais importantes da música popular brasileira e também um dos mais influentes. Novas gerações de músicos, especialmente cantoras, como Vanessa da Mata, Marisa Monte, Céu, Roberta Sá, Mariana Aydar, beberam de sua fonte e, além de sua fama, gozou de amplo reconhecimento crítico. Em 2007, na eleição de Lista dos 100 maiores discos da música brasileira feita pela Rolling Stone, Acabou Chorare aparece em primeiro lugar, sendo considerado obra-prima pelos estudiosos, produtores e jornalistas convocados para a votação.

[…]

Depois do lançamento original em 1972, o disco ganhou formato de CD pela primeira vez em 1992 e foi relançado durante o decorrer dos anos, com capas alternadas, como em 2004, junto a outros álbuns bem conceituados da Som Livre. No final de 2010, saiu em CD na coleção “Grande Discoteca Brasileira”, do Estadão e da Zero Hora, com livreto explicativo escrito por Ricardo Moreira. No início de 2011, atendendo a consumidores exigentes e colecionadores, a Som Livre inovou, relançando Acabou Chorare em vinil novamente, quase 40 anos após a data do lançamento original, num custo mais alto e junto a duas outras obras aclamadas de seu catálogo—Barão Vermelho (estreia do grupo, 1982) e A Voz, O Violão e a Música (1976), de Djavan.

Acabou Chorare: Wikipédia, a enciclopédia livre
Capa do álbum "Acabou Chorare", dos Novos Baianos, lançado em 1972
Novos Baianos – Acabou Chorare [1972]
  • Banda: Novos Baianos
  • Álbum: Acabou Chorare
  • Ano: 1972
  • Gêneros: MPB, Rock and roll, Bossa nova, Samba, Baião
  • Duração: 00:39:41
  • Qualidade: 128 Kbps
  • Tamanho: 38 MB
  • Gravadora: Som Livre
  • Produção: Eustáquio Sena; João Araújo

Lista de músicas

  1. Brasil Pandeiro
  2. Preta Pretinha
  3. Tinindo Trincando
  4. Swing de Campo Grande
  5. Acabou Chorare
  6. Mistério do Planeta
  7. A Menina Dança
  8. Besta é Tu
  9. Um Bilhete Pra Didi
  10. Preta Pretinha (Reprise)

Ficha técnica

  • Baby Consuelo – vocal, percussão (maracas, triângulo e afoxé)
  • Paulinho Boca de Cantor – vocal, percussão (pandeiro)
  • Pepeu Gomes – guitarra elétrica, violão solo, craviola, arranjos
  • Moraes Moreira – vocal, violão base, arranjos
  • Dadi Carvalho – baixo elétrico
  • Jorginho Gomes – bateria, cavaquinho, bongo

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *