Download MPB

O melhor da música popular brasileira!

“Totalmente Demais” é o primeiro álbum ao vivo do cantor e compositor baiano Caetano Veloso. Foi lançado em 1986, inicialmente no formato de LP, e acabou lhe rendendo um disco de platina.

Gravado ao vivo no Copacabana Palace, para o projeto Luz do Solo, esse disco é registro editado da turnê que Caetano vinha fazendo com voz e violão.

Apesar de Caetano parecer não dar muita bola pro disco, aqui tem grandes versões para “Vaca profana” (gosto mais até do que com Gal, em “Profana”, 1984, com aquele arranjo parecendo música da Xuxa) e “O quereres” (começa a redenção dos arranjos de “Velô“!). Aqui relido o sucesso “Nosso estranho amor” gravado em dueto com Caetano e Marina no disco “Olhos Felizes” (1980).

Tem “Nature boy”, que Caetano fez uma versão em português para Ney Matogrosso gravar; um samba de Noel Rosa, “Pra que mentir?” e uma resposta a esse samba, “Dom de Iludir”. As interpretações são divinas: “Bim Bom/Hoba la lá” e “Kalu”, “Totalmente demais” e “Amanhã”, “Lealdade” e “Estranha forma de vida” fazem desse disco quase um disco de covers.

Por fim, um lançamento do Barão “Todo amor que houver nessa vida”, que deu um up pra banda iniciante.

1986 – Totalmente demais: Caetano Completo

Na verdade, Totalmente Demais é um disco dedicado mais às referências do que às criações. De composição do baiano mesmo, além de O Quereres, há Vaca Profona (por sinal, a melhor interpretação que já ouvi), Nosso Estranho Amor e Dom de Eludir. O restante é um passeio por composições célebres de nomes como João Gilberto (Oba-lá-lá e Bim Bom), Guilherme Arantes (Amanhã), Humberto Teixeira (Kalu), Noel Rosa (Pra Que Mentir), Cazuza e Frejat (Todo Amor Que Houver Nessa Vida) e até o clássico norte-americano Nature Boy (Eden Ahbez).

E não é que depois de um certo tempo fui descobrir que Caetano Veloso não gostava de Totalmente Demais. “É o meu único disco de platina (250.000 cópias vendidas), que, aliás, nunca tocou no rádio. Meu recorde de vendas é do disco que eu não gosto. Foi gravado ao vivo, num show meio quebra galho. Em Kalu eu erro na letra, em Calúnia, a música está errada”, disse ele ao Jornal do Brasil em 1991.

Top39: Totalmente Demais, o disco que Caetano não gostou — Papo Cultural: Diário da Região
Capa do álbum "Totalmente Demais", de Caetano Veloso, lançado em 1986
Caetano Veloso – Totalmente Demais [1986]
  • Artista: Caetano Veloso
  • Álbum: Totalmente Demais
  • Ano: 1986
  • Gêneros: MPB, Bossa nova, Pop
  • Duração: 00:40:17
  • Qualidade: 320 Kbps
  • Tamanho: 93 MB
  • Gravadora: Philips Records

Lista de músicas

  1. Vaca Profana (Caetano Veloso)
  2. Oba-lá-lá / Bim, Bom (João Gilberto)
  3. O Quereres (Caetano Veloso)
  4. Nosso Estranho Amor (Caetano Veloso)
  5. Calúnia (Marino Pinto / Paulo Soledade)
  6. Nature Boy (Eden Ahbez)
  7. Estranha Forma de Vida (A. Rodrigues / A. Duarte)
  8. Kalu (Humberto Teixeira)
  9. Totalmente Demais (Arnaldo Brandão / Robério Rafael / Tavinho Paes)
  10. Pra que Mentir (Noel Rosa / Vadico)
  11. Dom de Iludir (Caetano Veloso)
  12. Solidão (A.C. Jobim / Alcides Fernandes)
  13. Cuesta Abajo (Carlos Gardel / Alfredo Le Pera)
  14. Lealdade (Wilson Baptista / Jorge de Castro)
  15. Todo o Amor que Houver Nessa Vida (Frejat / Cazuza)
  16. Amanhã (Guilherme Arantes)

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.